A Kaspersky lançou a nova geração de produtos de segurança pessoal e fundiu as suas ofertas anteriores em dois produtos com novas funcionalidades, as versões 6.0 do Kaspersky Anti-Virus e do Kaspersky Internet Security.



Disponíveis em português as soluções protegem os PCs contra software malicioso "combinando métodos tradicionais baseados em assinaturas [...] com uma protecção pró-activa", avança o comunicado.



Com características melhoradas relativamente às versões anteriores, esta nova versão introduz a capacidade para detectar rootkits, vários tipos de spyware e utiliza um novo método de verificação ao PC que permite ao utilizador trabalhar enquanto se processa o scan da máquina, sem impacto negativo nas outras tarefas em curso, explicaram os responsáveis em conferência de imprensa.



O Kaspersky Anti-Virus 6.0 actua ao nível da protecção contra vírus e outras ameaças de segurança como o spyware, monitoriza as áreas críticas do sistema operativo e analisa em tempo real todas as mensagens de email, ficheiros e páginas web que entram e saem do PC. O Kaspersky Internet Security 6.0 reúne todas as funcionalidades do antivírus e acrescenta outras ferramentas de segurança, nomeadamente uma firewall - novidade nesta versão - e sistema anti-spam.



As duas ferramentas estão disponíveis no mercado nacional pela mão da iPortalMais, distribuidor oficial da empresa em Portugal, e vão agora começar a ser distribuídas também nas grandes superfícies. O Kaspersky Anti-Virus 6.0 pode ser adquirido por 38,20 euros e o Kaspersky Internet Security 6.0 por 57,40 euros.



A Kaspersky comercializa os seus produtos em 60 países através de uma rede de 2 mil parceiros. Em Portugal, a empresa é sensivelmente a quinta marca de produtos de segurança mais vendida, o que representa uma quota de mercado de "três a quatro por centro", referiu Raul Oliveira, Director Geral da iPortalMais, durante a conferência de apresentação dos produtos.



No mesmo evento Ovanes Mikhailov, director da Kaspersky para a Espanha e América Latina, frisou que 90 por cento dos computadores ligados à internet têm spyware instalado e que a mesma percentagem de emails actualmente são, ou incluem, spam ou outros códigos maliciosos.

Notícias Relacionadas:

2006-09-13 - McAfee concentra produtos de segurança numa única suite

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.