A empresa que explora o serviço de partilha de ficheiros Kazaa bloqueou o acesso dos utilizadores australianos ao site onde era possível fazer o download daquele software. A medida cumpre ordens do tribunal australiano, que nos últimos meses vem apreciando o caso, acabando por decidir de forma desfavorável para o popular site.



Desde esta madrugada apenas podem aceder ao site os utilizadores de Internet australianos cujo endereço IP já tenha descarregado o software, isto embora a empresa responsável pelo serviço - a Sherman Networks - alerte os utilizadores para não o fazerem.



Desde que o site australiano foi desligado os utilizadores que lhe tentam aceder são direccionados para uma mensagem onde se pode ler que o download do Kazaa Media Desktop por utilizadores australianos não é permitida, divulga a C|Net. Os utilizadores que já tenham descarregado o software para o seu desktop quando tentam aceder-lhe recebem uma mensagem semelhante, onde se explica que o uso do Kazaa não é permitido para utilizadores australianos, por ordem do Tribunal Federal da Austrália.



O site australiano do Kazaa vai manter-se interdito pelo menos até Fevereiro, altura em que será ouvido o recurso apresentado pela Sherman Networks à decisão judicial de introduzir no site uma tecnologia de filtragem de palavras.



Na última decisão, o tribunal considerou o Kazaa passível de ser responsabilizado pelos actos ilícitos realizados a partir da sua tecnologia peer-to-peer, impondo que o serviço passasse a incluir um filtro de palavras. O objectivo é travar a troca ilícita de determinado tipo de conteúdos. O prazo concedido pelo tribunal para que a ordem fosse acatada expirou ontem sem que a Sherman Networks a tivesse cumprido.


De acordo com a empresa, que aqui conta com o apoio da indústria musical, são precisas medidas mais efectivas para combater os problemas associados ao uso das redes P2P. Assim, a Sherman garante que redireccionou os seus esforços para a criação de um sistema de impressões digitais áudio, que considera mais eficaz e que apresentará ao tribunal em Fevereiro, data em que será ouvido o recurso.



Notícias Relacionadas:

2005-09-05 - Kazaa perde batalha legal na Austrália

2004-11-30 - Kazaa enfrenta julgamento na Austrália sob acusações de cinco editoras

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.