Portugal passa, a partir de hoje, a contar com um novo serviço de aconselhamento, online e telefónico, para ajudar os mais novos a fazer uma utilização mais segura da Internet. Chama-se Linha Ajuda e funciona através de telefone, email ou do site do projecto.

O projecto, implementado pela FDTI - Fundação para a Divulgação das Tecnologias de Informação no âmbito da iniciativa europeia Safer Internet, representa um investimento de 147 mil euros, co-financiado a 70 por cento pela EU.

O atendimento é assegurado por uma equipa de operadores "com dois tipos de perfis: formação na área das ciências sociais e humanas e na área das ciências informáticas", explicou ao TeK a presidente do conselho de administração da FDTI, Patrícia Leão.

Esta equipa foi "envolvida num projecto formativo" composto por módulos de legislação (assegurado pela PJ), segurança na Internet e atendimento, que contou também com "formação em contexto real de trabalho", com "simulações baseadas em situações concretas do âmbito da linha", detalhou a responsável, numa entrevista por email.

Para além dos operadores de atendimento, o serviço conta com uma equipa de composta por seis técnicos da Fundação - das áreas da informática, Web, comunicação, design, formação e financeira - que é responsável pela parte operacional do projecto e se encarregou do seu planeamento e execução.

A iniciativa vem colmatar a falta de um apoio para as questões relativas à utilização das tecnologias online. O constante avanço tecnológico e consequente crescimento de questões envolvendo a temática da segurança na Internet, acessibilidade a conteúdos de risco, aliciamento e cyberbullying, são algumas das razões que levaram à criação da Linha - que já contava com congéneres em todos os países da EU, excepto Itália e Lituânia.

O serviço assegura também a articulação com as autoridades e outras organizações competentes para assegurar a segurança dos menores. Quando forem reportadas através do serviço "ocorrências graves", a Linha Ajuda encaminhará directamente as chamadas para as entidades competentes, como o Instituto de Apoio à Criança, a Linha Alerta ou a Polícia Judiciária, exemplificou Patrícia Leão.

A Linha Ajuda está disponível nos dias úteis, entre as 14h e as 19, através do telefone 808 91 90 90, do linhaajuda@internetsegura.pt ou através de um formulário de contacto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.