O correio electrónico é ainda um meio muito descurado pelas instituições de ensino portuguesas como forma de relacionamento, conclui a Vector21 mediante o resultado de um estudo onde se pretendia avaliar se as mesmas estão preparadas para responder ao novo modelo de candidatura de professores por via electrónica. Este modelo entrou em vigor no presente ano lectivo e pressupõe que os professores possam apresentar a sua candidatura às escolas via Internet, através de um email.



Dos emails de teste enviados pela Vector21, onde se pediam informações sobre vagas disponíveis, 71 por cento não obtiveram qualquer resposta por parte das escolas e 16 por cento nem sequer chegaram às caixas de correio electrónico das mesmas, 10 por cento por motivos de "caixa cheia" e seis por cento devido a "endereço desconhecido".



O actual relatório da Vector21 revela que apenas 11 por cento das instituições de ensino contempladas responderam ao email em menos de 24 horas.



O estudo teve por base a análise a 114 escolas nacionais referenciadas no site do Ministério da Educação, no dia 3 de Novembro de 2003. Estas foram identificadas como escolas às quais os professores se podiam candidatar usando, entre outras formas de comunicação, o email, salienta a Vector21 em comunicado.



Notícias Relacionadas:

2003-11-10 - Vendas online para o estrangeiro crescem consideravelmente entre lojas portuguesas
2003-09-30 - Consumidores portugueses aumentam o valor médio despendido em compras online

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.