O ICANN - Internet Corporation for Assigned Names and Numbers deu aprovação preliminar à criação de endereços completos de Internet nos idiomas nativos de mais quatro países e dois territórios, cujo processo deverá estar concluído por altura do Verão.

Hong Kong, Sri Lanka, Tailândia, Qatar, Tunísia e Palestina serão as próximas regiões a registar endereços recorrendo a domínios com caracteres próprios da língua local, o que lhes vai permitir terem endereços Web totalmente redigidos na sua língua.

As autorizações concedidas esta semana vão permitir colocar à direita do "." terminações redigidas em chinês (para Hong Kong), cingalês e tamil (para o Sri Lanka), tailandês (para a Tailândia) e árabe, para o Qatar, Tunísia e Palestina, ao invés dos habituais ".com", ".org", ".net", por exemplo - .

Por aprovar ficaram as alterações para os domínios relativos a países como a China ou Taiwan em caracteres chineses, que irão necessitar de mais alguns meses de preparação técnica. Isto porque, na língua chinesa, as palavras podem ser escritas de duas maneiras, uma tradicional e outra simplificada, e as entidades responsáveis necessitam de mais tempo para garantir que os endereços escritos numa e noutra forma irão direccionar os internautas para o mesmo site.

Apesar do domínio requisitado por Hong Kong também ser redigido em chinês, não oferece problemas na medida em que a palavra conta apenas com uma versão, explica a Associated Press.

Os novos domínios aprovados vêm juntar-se às autorizações concedidas em Janeiro ao Egipto, Rússia, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos - os primeiros a obterem aprovação, depois de em Outubro de 2009, o ICANN ter dado luz verde para a introdução de caracteres não latinos nos domínios de Internet.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.