Foi uma das maiores campanhas da NASA na Estação Espacial Internacional (EEI) e chegou ao fim na passada semana. Quase 20 anos depois de ter feito chegar à EEI o primeiro de 11 módulos científicos ExPRESS (Expedite the Processing of Experiments to the Space Station), a agência espacial norte-americana deu por terminada a missão, depois ter comunicado a chegada da última unidade da remessa.

Estes módulos são responsáveis por fornecer energia, sistemas de comunicação, espaço de armazenamento e tecnologias de controlo de temperatura a um máximo de 10 carregamentos em simultâneo. Os módulos são também essenciais à condução de experiências científicas a bordo da estação e a chegada desta última unidade vai fazer com que a estrutura cumpra todo o seu potencial de investigação.

Os módulos científicos foram criados no Johnson Space Center, em Houston, no final da década de 90.

tek express rack

Esta missão assinala o fim de uma era para o trabalho da NASA na EEI. Nos próximos anos, a agência espacial vai dedicar a maior parte dos seus esforços aos projetos do Programa Artemis. O primeiro marco deste programa deverá ser atingido em 2024, ano em que a agência espera conseguir levar a primeira mulher à Lua.

No âmbito deste programa, está também contemplada a construção de uma base espacial chamada Gateway. Esta servirá para abrigar os astronautas e ser utilizada para as ações de treino.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.