As empresas e cidadãos norte-americanos que queiram utilizar o nome de domínio ".us" – que até hoje era somente utilizado por governos locais, escolas e bibliotecas – já podem fazê-lo. Os Estados Unidos preservaram este domínio sob um sistema não lucrativo de descentralização que atribuía as moradas na Internet consoante as localidades.



Refira-se que, ao contrário do que acontece domínios como o ".com" e o ".org" que recaem sob o controlo da organização internacional Internet Corporation for Assigned Names and Numbers, os outros códigos nacionais como é o caso do português ".pt" estão à disposição dos utilizadores da cada país.



A empresa privada que ganhou em Outubro passado os direitos para gerir o domínio ".us", NeuStar, planeia agora a preservação do actual sistema, todavia existe a intenção de abri-lo ao desenvolvimento comercial. De lado, ficam moradas com www.cityofchicago.us para governos locais e estatais passando a ser disponibilizadas moradas mais simples como www.chicago.us.



Neste momento a NeuStar encontra-se em conversações com o governo norte-americano para definir um endereço apenas para crianças que possa impedir o acesso a conteúdos violentos, pornografia, ou qualquer outro tipo de material que não sejam considerado apropriado. Até agora o subdomínio ".kids.us" já conseguiu a aprovação do comité da House of Representatives e prepara-se para ser votado em plenário.



Notícias Relacionadas:

2002-03-08 - Congressistas norte-americanos aprovam sub-domínio ".kids.us"

2002-01-14 - Cibernautas ingleses com direito a registar no domínio ".me.uk"

2001-12-14 - NeuLevel contabiliza meio milhão de registos ".biz" no primeiro mês

2001-10-29 - Tribunal americano levanta restrição sobre endereço de Internet ".biz"

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.