Durante os próximos dias os utilizadores de Chrome vão começar a ser notificados para atualizar o browser para a versão 81. A atualização torna o browser mais seguro, com 32 correções de segurança, como refere a Google no seu blog.

A atualização era para ser lançada no passado dia 17 de março, mas acabou por ser adiada devido à pandemia de COVID-19 e algumas das funcionalidades previstas acabaram mesmo por ser empurradas para futuras versões. E essa decisão também interrompeu o ciclo de planeamento da tecnológica, obrigando a abandonar a versão 82, migrando as respetivas novidades para a patch 83.

Uma das novidades da nova versão é o sistema de notificações, que passam a ser menos intrusivas para os utilizadores. Durante a navegação, as notificações geradas pelas apps e websites deixam de interromper o utilizador. A mudança será eficaz para as notificações de aplicações de conversações, de email com mensagens por ler, assim como as redes sociais.

Segundo a Zdnet, esta versão dá também início aos testes de Web NFC, ou seja, a leitura de etiquetas NFC através do browser Chrome. Esta funcionalidade vai permitir aos utilizadores usarem os seus smartphones e tablets para interagir com placas de identificação para obter mais informações, seja de obras de arte de um museu ou ajuda de produtos num supermercado, por exemplo, ou mesmo, a leitura de credenciais para ter acesso a eventos. Com a funcionalidade compatível com o browser, futuramente deixa de ser necessidade instalar aplicações dedicadas à leitura de NFC.

Esta funcionalidade destina-se para já aos criadores de funcionalidades baseadas no standard Web NFC, de forma a criar as devidas interações e compatibilidades, e devolver feedback para melhorar a tecnologia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.