Depois de anunciado o novo browser baseado em Chromium, a mesma base para o Chrome, a Microsoft foi alvo de contestação da sua rival Mozilla, apontada por “entregar” praticamente o monopólio da navegação na internet à Google. O certo é que o Windows 10 vai mesmo ter nativamente a sua versão do Chromium e segundo algumas atualizações no Reddit, o novo Edge vai ser compatível com as extensões do Chrome. A resposta foi dada pelo gestor de projeto do Edge a um utilizador que perguntava se os produtores de extensões iriam ter de começar novamente do zero.

A compatibilidade com os milhares de extensões do Chrome é uma carta interessante da Microsoft para atrair utilizadores, visto que desta forma passa a integrar gestores de palavras-passe e outras apps disponíveis para o browser.

“Esperamos começar a suportar as PWA (Progressive Web App) para serem instaladas diretamente do browser, um pouco como o Chrome, em adição à forma atual da Loja”, destaca o gestor de projeto. Estas aplicações foram feitas para parecerem nativas, enquadradas nos conteúdos do browser. No entanto, irá manter-se o suporte técnico ao anterior Edge, para que as apps antigas, baseadas no seu motor, não deixem de funcionar.

Foi ainda referido que o projeto ainda está nos passos iniciais de produção, mas quando for lançado, a nova versão do browser será compatível com todos os dispositivos da Microsoft, incluindo a Xbox One e eventualmente o sistema de realidade aumentada HoloLens, em resposta a mais uma dúvida de um utilizador do Reddit.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.