O valor representa um aumento relativamente ao número de pedidos feitos nos primeiros seis meses do ano, que por sua vez mostram uma subida face aos números do ano anterior.

Os dados constam do mais recente relatório de transparência da gigante da Internet e indicam, igualmente, que 45% dos pedidos resultaram na divulgação de informação.

No somatório de todo o ano, as autoridades portuguesas fizeram 544 pedidos, respeitantes a 669 utilizadores ou contas nos serviços da Google.

Olhando para os números a nível mundial, no segundo semestre de 2013, a empresa norte-americana recebeu 27.774 pedidos de informação, relativos 42.648 utilizadores, um valor que representa uma ligeira subida face ao primeiro semestre.

Estados Unidos (10.574), França (2.750), Alemanha (2.660), India (2.513) e Reino Unido (1.397) foram, por esta ordem, os países que mais pedidos submeteram à Google entre julho e dezembro de 2013.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.