O acesso à Internet por banda larga registou a adesão de 84 mil novos clientes no período compreendido entre Julho e Setembro, um valor representativo de um crescimento de oito por cento comparativamente ao trimestre anterior e de 51,4 por cento em termos homólogos, segundo dados da Anacom. No total, o número de utilizadores de Internet cifrava-se em 1,427 milhões, 1,132 milhões dos quais preferiam o acesso por banda larga.



Durante o período analisado o dial-up registou apenas um crescimento de 1,3 por cento face aos três meses anteriores, somando nessa altura 295.756 clientes.



No terceiro trimestre, a Anacom alterou a forma de cálculo e apresentação do número de clientes dial-up de acesso à Internet. A partir deste trimestre apenas divulga o número de clientes activos durante o trimestre em análise, ressalva o regulador num comunicado.



Entre os acessos por banda larga, o ADSL recolhe a maioria das preferências, com 57% do total. No final de Setembro, o número de clientes de ADSL atingiu os 641 mil, enquanto os utilizadores que acediam à Internet de banda larga através de modem por cabo se cifravam em 488 mil.



A banda larga por ADSL registou a adesão de 68 mil novos clientes no terceiro trimestre, contra um aumento de 16 mil novos clientes no acesso por modem por cabo. De acordo com os dados da Anacom, em cada cinco novos acessos de banda larga cerca de quatro são de ADSL.



A Internet de banda larga apresentava no final de Setembro uma taxa de penetração de 10,8 por cento, mais 0,8 pontos percentuais do que o valor verificado no final do trimestre anterior.



No terceiro trimestre existiam 1,211 milhões de clientes residenciais, dos quais 932 mil tinham acesso através de banda larga. O acesso por cabo continua a ser o meio preferencial de acesso à Internet neste segmento residencial. No final de Setembro existiam 474 mil clientes de acesso por cabo, cerca de 51 por cento do total de clientes residenciais de banda larga. O acesso por ADSL representava 49 por cento do total de clientes de banda larga, correspondentes a 458 mil clientes.



Já no segmento não residencial, o ADSL é o principal modo de acesso, com 183 mil clientes registados no final de Setembro, comparativamente aos 17 mil no acesso dial-up, 14 mil no acesso por modem por cabo e 2.800 acessos através de circuitos alugados.



A quota de mercado do grupo PT em número de clientes caiu para 78,6 por cento, menos 2,6 pontos percentuais que no trimestre homólogo e um ponto abaixo do trimestre anterior. A quota de clientes ADSL da PT era de 85,4 por cento, menos 1,9 pontos que no período anterior e 5,8 pontos abaixo em termos homólogos.



No acesso por modem por cabo, a PT tinha uma quota de 69,8 por cento no final de Setembro, mantendo a tendência de queda que se regista desde o início de 2004.



Notícias Relacionadas:

2005-09-09 - Banda larga com 102 mil novos utilizadores no segundo trimestre do ano

2005-07-12 - ADSL ultrapassa cabo em número de clientes no primeiro trimestre do ano

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.