Há um conjunto de ofertas de emprego criadas com o objetivo de tentar recolher dados pessoais a quem responde, para posteriormente usar essa informação assumindo a identidade das vítimas. O alerta está a ser lançado pelo site Websegura.net, que garante ter recebido vários contactos de utilizadores visados por esquemas deste género.



O site cita mesmo um exemplo de uma entidade já identificada como utilizadora deste tipo de esquema, a Tranlogo.com. Várias denúncias relativamente ao site acabaram por tirá-lo do ar mas, via email, continuam a circular ofertas de emprego associadas ao nome da Trangolo.



Além da designação não corresponder ao nome de alguma empresa identificável através de uma pesquisa nos motores de busca, outros indícios denunciam a pouca credibilidade das propostas veiculadas por aquela entidade, como erros gramaticais no texto do anúncio, típicos da utilização de serviços de tradução automática do texto do anúncio.

[caption]Trangolo[/caption]

Uma investigação da Websegura apurou que o domínio da Tranlogo foi criado já em fevereiro deste ano na Ucrânia e recorre ao serviço de DNS gratuito da Afraid que será um dos mais procurados para esquemas fraudulentos. Um utilizador daquele site de segurança concluiu ainda que o design do site também indicia o esquema de fraude, já que é copiado de uma empresa legitima, o Jostgroup.



Estas ofertas falsas caracterizam-se pelas boas condições que oferecem, salários elevados e oportunidades de carreira. Em troca os candidatos devem submeter currículo, fotografias, cópias dos cartões de identidade e de certificados, como acontece no caso da Trangolo. Os dados são usados para esquemas em que os atacantes assumem as identidades das vítimas.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Cristina A. Ferreira

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.