Cada vez mais os pais e encarregados de educação se questionam acerca das vantagens que a Internet poderá trazer para as crianças. Uma análise da Pew Internet indica que, actualmente, os pais vêem menos benefícios na utilização da Web do que em 2004, uma tendência decrescente suportada pelo tipo de utilização que os jovens fazem da plataforma.



O estudo publicado pela organização norte-americana mostra que quase 59 por cento dos norte-americanos com filhos na faixa etária 12/17 anos consideram a Internet como uma ferramenta útil para as crianças.



Os resultados ficam abaixo dos dados recolhidos em 2004, altura em que a percentagem de pais que partilhava da mesma opinião se fixava nos 67 por cento.



Enquanto isso, aqueles que acreditam que a Internet não tem qualquer efeito sobre os seus filhos aumentou de 25 para 30 por cento.



Para muitos pais a Internet é agora uma tecnologia madura, afirma Amanda Lenhart, analista da Pew. Para muitos a rede deixou de ser apenas um espaço de entretenimento ou de consulta para os trabalhos escolares e passou a ser um local perigoso para navegar tendo em conta as ameaças que nele se esconde, nomeadamente no que diz respeito a predadores sexuais e a outros perigos existentes online.



A análise ressalva ainda que os educadores estão mais preocupados com os conteúdos que os filhos vêem online do que com o tempo que passam a navegar. Cerca de 68 por cento afirma implementar regras de utilização e espaços a visitar, enquanto que 55 por cento admite controlar o tempo que os filhos passam na Internet.



Nestes últimos casos, os pais admitem que esse controlo está relacionado com outras preocupações actuais, não só com os perigos online como com a obesidade infantil, uma vez que o tempo despendido em frente ao computador é tempo perdido em actividade física.



A sondagem apurou ainda, os educadores têm mais tendência do que os filhos para possuírem computadores portáteis, telemóveis, agendas electrónicas pessoais, enquanto que os mais novos estão mais voltados mais para os iPods e outros dispositivos digitais do género. Contudo, são os jovens os que mais afirmam que os equipamentos de comunicação facilitam as comunicações entre as pessoas.



Notícias Relacionadas:

2007-10-17 - Internautas do sexo feminino são as mais assediadas online

2007-04-19 - Maioria dos adolescentes protege privacidade online

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.