A Unbabel nasceu há dois anos e divide a equipa entre Lisboa e os Estados Unidos. A área de tecnologia e produto estão em Portugal e o marketing em São Francisco. Começou por se posicionar como uma agência de tradução com um serviço que podia ser adquirido online, conforme as necessidades do cliente. Foi adaptando o modelo de negócio às necessidades do mercado e hoje dirige o seu serviço a empresas, num modelo de subscrição – uma modalidade de acaba de introduzir.

Nos próximos meses quer consolidar o novo posicionamento e continuar a fazer evoluir a plataforma, que recorre já a uma base de 32 mil tradutores, ligados à Unbabel através do site da empresa (via PC ou telemóvel). O serviço combina tecnologia e tradução humana para produzir resultados e diferencia-se das ofertas tradicionais porque funciona totalmente online, cobra por palavra traduzida e garante tempos de resposta rápidos: um email pode ser traduzido em 10 minutos, por exemlo. 500 mil palavras em poucos dias, garante a empresa, que também aponta poupanças até 70% na comparação do seu serviço com as ofertas tradicionais.

À margem da Portugal Internet Week falámos com Vasco Pedro, um dos fundadores do projeto, que no evento revelou o número de clientes que a startup já reúne e que nesta entrevista flash explica os planos da Unbabel para os próximos tempos.

A startup concretiza hoje cerca de metade do volume de negócios nos Estados Unidos, o mercado para onde direcionou primeiro a oferta e na lista de clientes tem nomes bem conhecidos da tecnologia, como o Pinterest ou o eBay. Entre os investidores também há nomes de referência, como a Google Ventures. 

 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.