Quase todos os portugueses com habilitações secundárias já utilizam computadores e Internet, revela um estudo do Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgado hoje pela UMIC - Agência para a Sociedade do Conhecimento.

Os números, apresentados por ocasião da 1ª Semana Europeia de Competências em TIC (e-Skills), colocam Portugal entre os países da Europa com a maior percentagem de utilizadores das Tecnologias de Informação e Comunicação em 2009, contextualizando os níveis de formação académica, registando valores acima da média da União Europeia - que é de 75 por cento.

Entre os portugueses com educação de nível secundário a percentagem de utilizadores de computador e Internet é de 91 por cento, a 4ª mais alta da União Europeia e a mesma verificada em França. Entre aqueles que concluíram o ensino superior os valores sobem para os 95 por cento e quando olhamos para os estudantes podemos falar num uso generalizado das novas tecnologias: 99 por cento.

Ainda assim, se regista uma pequena diferença entre o número de pessoas que usam computador e Internet e aqueles que não recorrem ainda à rede, mas estamos a falar de diferenças de poucos pontos percentuais: 87 por cento das pessoas que concluíram o ensino secundário, 97 por cento dos que se licenciaram e 97 por cento dos estudantes.

A utilização das novas plataformas tecnológicas e de comunicação é, "como habitualmente", muito menor entre aqueles que não concluíram o ensino secundário (cerca de 36 por cento usam computador e 30 por cento Internet), nota a UMIC, realçando ainda assim a evolução positiva registada ao longo dos últimos 4 anos, com um crescimento na ordem dos 87 por cento entre 2005 e 2009.

O número de famílias que dispõem de computador também registou um aumento de 42 por cento neste período e a Internet de banda larga está actualmente presente em mais 50 por cento dos lares.

No que respeita à oferta de formação na área, Portugal passou também a contar com uma nova realidade neste campo, a formação profissionalizante dos Cursos de Especialização Tecnológica (CET), em universidades e politécnicos, onde actualmente funcionam mais de 60 cursos em áreas TIC, com mais de 2.200 alunos inscritos, informou a mesma fonte.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.