A Universidade do Minho recebe a partir de hoje e até amanhã, o I Encontro Nacional sobre Weblogs. A iniciativa parte da instituição que desde o primeiro ano está ligada ao Minho Campus Party e acontece porque "se tornou impossível ignorar esta nova plataforma de expressão social", explica Manuel Pinto, docente da universidade e um dos organizadores da iniciativa.



O professor não sabe precisar o número de inscritos. Acredita que podem rondar a centena mas explica que o objectivo do encontro também "não é atrair as massas". O primeiro encontro nacional de weblogs pretende, em primeiro lugar, estudar "este fenómeno em pleno desenvolvimento" a uma escala mais vasta que permita aos seus protagonistas, se assim o entenderem, saltarem da comunicação virtual para um plano mais real e debater as potencialidades e perigos da blogosfera.



Embora não haja certezas sobre a vontade ou não dos criadores de blogs se identificarem e conhecerem os seus pares, os promotores do evento não consideram que esse seja um factor crítico para o sucesso do encontro já que nele podem participar todos os interessados, através de mensagens Internet. O site do evento fornece uma password e login que garantem o acesso à zona escrita do blog do encontro para todos quanto não podem estar presentes mas não querem deixar de intervir.



O evento tem início marcado para as 18 horas de hoje, para 15 minutos depois arrancar a primeira intervenção que se irá debruçar sobre o Panorama da Blogosfera em Portugal, seguindo-se uma apresentação sobre o Panorama Espanhol e Europeu da Blogosfera. As primeiras palavras estão a cargo de António Granado, docente na Universidade do Minho, enquanto a segunda intervenção foi preparada por José Luís Orihuela, autor do blog e-cuaderno.




Oficialmente o programa do primeiro dia fica por aqui, mas os blogs ligados ao evento denunciam novo programa pela noite fora. A reunião informal de blogs (Beers & Blogs), conforme é chamada, foi marcada pelo e-cuaderno e tem início ás 21 horas e trinta minutos, num bar de Braga.



No segundo dia do encontro, os trabalhos arrancam às 9h30 minutos para terminarem às 18 horas. Os quatro painéis programados pretendem analisar a relação dos blogs com o ensino, aprendizagem e investigação; cidadania e participação; jornalismo e comunicação; sociedade. Os intervenientes, claro está, são blogs que se debruçam sobre as várias temáticas em causa.



Manuel Pinto é um estudioso do fenómeno que faz parte das matérias tratadas pelos alunos de jornalismo da universidade. Nessa condição, explica que a blogosfera nacional é muito diversificada. "Cada vez mais diversificada". Ao nível da linguagem, das temáticas, do âmbito ou mesmo da escrita. Segundo ele é também notória uma preocupação crescente com os conteúdos e sua qualidade, facto que considera extremamente positivo. "A blogosfera tem, para já, uma componente de moda mas estamos em crer que é muito mais do que isso. É também um instrumento para dar voz a novos agentes que deve ser estudado com cuidado já que esse poder pode ter resultados muito distintos", considera.



Os blogs nasceram nos Estados Unidos no início da década de 90 e encarregavam-se de redireccionar os utilizadores para novos websites que entretanto surgiam a um ritmo mais acelerado a especialização em determinadas áreas e o carácter pessoal e intimista que alguns foram assumindo são desenvolvimentos mais recentes.



Notícias Relacionadas:

2003-07-29 - Português é a segunda língua mais utilizada nos blogs registados no NITLE

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.