A iniciativa foi lançada há cerca de uma semana pelo partido social-democrata, que usou a Internet para recolher sugestões dos cidadãos, que permitam reduzir despesas de funcionamento nos serviços públicos.



O desafio para um "brainstorming colectivo sobre a redução da despesa" encontrou eco do lado do cidadão e à data foram registadas no site mais de 12 mil propostas, que estão a ser analisadas por uma equipa de 25 pessoas, explicou à Rádio Renascença José Manuel Canavarro, presidente do Gabinete de Estudos do PSD.



As sugestões recebidas no Cortar Despesas estão a ser verificadas e podem vir a integrar propostas do partido para a discussão do Orçamento de Estado, assegura a mesma fonte.



Entre as sugestões mais recebidas pelo maior partido da oposição estão cortes nas despesas de deslocação, ajudas de custos e acções de promoção por parte de organismo estatais. Neste âmbito, a videoconferência, como alternativa para a realização de reuniões ministeriais, também está entre as propostas apresentadas.



"As pessoas foram muito claras e redundantes. Várias pessoas em diferentes sectores referiram que se deveria ter uma enorme atenção com estas despesas", detalha Manuel Canavarro à RR.



Dois dias depois de ser lançado, o site somava 64 mil visualizações e 9 mil propostas, de acordo com dados publicados na plataforma, onde os responsáveis classificam a iniciativa como um sucesso. As visualizações seguem agora perto das 96,500.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.