A PT Comunicações anunciou hoje em parceria com a Ydreams um novo equipamento que promete "trazer o conhecimento local para dentro de casa", o Sapohome. Este produto consiste num ecrã táctil que permite aceder, em tempo real, aos conteúdos do SAPO Local.




Durante a apresentação da solução foram demonstradas algumas das capacidades do equipamento. A facilidade do acesso e a forma intuitiva como os conteúdos são apresentados permitem que o utilizador consiga aceder à informação que deseja em poucos segundos sem ter de ligar o computador. Assim que é instalado na casa do cliente, o dispositivo busca automaticamente as informações referentes à área onde foi implementado.




Depois de efectuar a localização geográfica, o ecrã inicial do equipamento apresenta ao cliente duas opções: o botão referente aos conteúdos informativos - como as notícias, estado do tempo, horóscopo, entre outros - e um segundo dedicado aos serviços disponíveis na área de residência do utilizador, entre os quais, as farmácias de serviço, os restaurantes, o mapa da área. Quando se encontra em modo stand-by, a plataforma pode servir de moldura digital através da reprodução de fotografias escolhidas pelo cliente. Caso seja a vontade do utilizador, o equipamento pode também mostrar informações referentes a outras regiões nacionais.




Tanto a PTC como a Ydreams mostraram a intenção de, no futuro, melhorar a oferta do Sapohome através da inclusão de novas funcionalidades como a encomenda directa de refeições, a possibilidade de fazer chamadas de emergência através do dispositivo, a integração da plataforma com sistemas de domótica da PT que estejam instalados na casa do utilizador, entre outras possibilidades.




Lançado como complemento à oferta da PT, o Sapohome alia o "know-how das duas empresas" através da combinação dos conteúdos SAPO com a tecnologia Ydreams. Inicialmente o Sapohome destina-se "mais ao segmento imobiliário" - no âmbito do projecto PT Casa Inteligente - conferindo um "valor acrescentado e um factor de diferenciação nos empreendimentos" de um promotor, referem os responsáveis pelo projecto.




No entanto, o utilizador final que queira adquirir a plataforma também o poderá fazer. A instalação do produto é feita sobre uma linha ADSL SAPO, com a possibilidade de ser desbloqueado o equipamento a outros operadores que permitam o acesso à Internet através da linha de telefone. A adaptação da plataforma a acessos por cabo "também é possível embora necessite de um processo de adaptação da plataforma mais exigente", explicou Tiago Silva Lopes, do SAPO, ao TeK.




Os utilizadores que adiram ao Sapohome e decidam entretanto mudar de casa podem levar consigo o equipamento. A actualização dos conteúdos é feita de forma automática e exige custos adicionais aos clientes.




Resta salientar que o Sapohome não tem custos de acesso adicionais aos que o utilizador paga pela ligação à Internet nem exige o pagamento de uma mensalidade ou aluguer de equipamento. O equipamento já está disponível para venda e custa 800 euros, um valor "algo elevado mas característico desta fase inicial", afirmaram os responsáveis pelo projecto, presentes na conferência de apresentação do equipamento.




A PT já registou várias encomendas para esta solução, destinadas a casas actualmente em construção, e revela que até ao final deste ano espera vender 10 mil plataformas Sapohome.




Notícias Relacionadas:

2007-04-11 - SAPO apresenta homepage renovada a partir da próxima semana

2007-03-02 - SAPO Local integrado no serviço de notícias do portal

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.