Os registos de endereços internet com o domínio de topo para Portugal cresceram 3,3%, à frente de domínios como o .am da Arménia (2,7%), o .fi da Finlândia (2,6%) ou o .ie da Irlanda 2,5%), revela o CENTR no seu mais recente DomainWire Global TLD Report.

Entre janeiro e março, o .pt chegou aos 900 mil registos, destaca o relatório, que engloba o panorama global e as tendências de registo de todos os domínios de topo (gTLDs legacy, novos gTLDs e ccTLDs) com um foco adicional no mercado de ccTLDs europeu.

“Nos últimos três anos o .pt tem estado sempre no top 5 dos países europeus que mais cresceram em número de domínios”, sublinha a DNS.pt, que gere os registos em Portugal. “Mantendo os pressupostos que nos têm feito crescer, de confiança, credibilidade e fiabilidade técnica”, a previsão para 2017 é de uma subida de 4%.

Os dados do CENTR relativos ao primeiro trimestre de 2017 indicam ainda que o mercado europeu por inteiro cresceu 0,4%, valor traduzido em 295 mil novos registos. O número de domínios de topo ronda agora os 69,7 milhões.

Já a nível global, os domínios em todos os TLDs cresceram 0,5% para 311 milhões, com os novos gTLDs a representarem cerca de 8% do mercado global.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.