Em Portugal, como no resto do mundo, a segurança das passwords continua a ser um dos elos fracos da segurança informática. Um novo estudo elege o top das passwords mais usadas em todo o mundo e volta a mostrar que criatividade e boas práticas não fazem parte dos critérios usados pela maior parte dos utilizadores de serviços digitais, quando definem as suas senhas de acesso a esses serviços online.

No top mundial das passwords mais usadas está 123456. Em Portugal esta é a segunda combinação mais usada. A primeira é admin, o que significa que muitos utilizadores optam por nem sequer alterar a senha que vem de origem em muitos serviços e que, exatamente por isso, é bastante óbvia para quem tenta aceder indevidamente a uma qualquer conta online.

Veja o vídeo preparado pela NordPass

Os dados compilados pela NordPass mostram ainda que no top 20 das passwords mais usadas em Portugal há também presenças habituais neste ranking e algumas novidades. A avaliar por este ranking, Graciete, Jorge e Catarina são os nomes próprios mais usados em passwords em Portugal.

Verifica-se igualmente que seis das 20 senhas mais comuns combinam números, na sua forma mais fácil de adivinhar (seguencial, a partir de 1). User, password e qwerty mantêm-se também na lista. As preferências clubísticas são amplamente usadas para este fim, com a palavra benfica a surgir duas vezes no top 20 das passwords mais usadas em Portugal.

Abaixo pode ver a lista completa.
1. admin
2. 123456
3. user
4. 123456789
5. 12345678
6. password
7. 12345
8. benfica
9. graciete10
10. merda123
11. Oliveira11
12. diogo123
13. Password
14. jorge123456
15. 1234567890
16. catarina
17. qwerty
18. xandrito
19. portugal
20. benfica91

Globalmente é possível identificar também algumas tendências. Nos serviços financeiros há um esforço maior para usar passwords fortes. Os serviços de streaming são aqueles onde os utilizadores parecem preocupar-se menos com a segurança das senhas de acesso às suas contas pessoais. Também a nível global há uma forte tendência para usar sequências de números nas passwords, como pode ver no vídeo que resume as principais conclusões do estudo. Aí também se sublinha que 70% das palavras-passe na lista global das mais usadas este ano podem ser decifradas em menos de um segundo.

O estudo teve por base a análise de uma amostra recolhida de uma base de dados com 6.6 TB exposta por malware stealer, “um tipo de ataque que os especialistas consideram ser uma enorme ameaça à cibersegurança das pessoas”, explica a NordPass.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.