Medidas drásticas contra a pirataria como o "desligamento" da Internet não agradam a bandas como os Radiohead ou os Blur, que acabam de integrar um movimento britânico de artistas, o Featured Artists Coalition, para sublinhar ao Governo os perigos de medidas radicais como as que o Reino Unido pode adoptar em breve.

Há muito que o país vem estudando medidas contra a pirataria na Internet. Em cima da mesa estão várias hipóteses, consubstanciadas em estudos como o Reino Unido Digital, divulgado em Junho, e pareceres de especialistas. Já se falou em reduzir a velocidade da Internet a quem cometa este tipo de crime, bloquear o acesso a downloads ou suspender temporariamente o acesso.

Vários artistas e nomes ligados à música têm tornado pública a sua posição relativamente às medidas possíveis, desde que foi apresentado o estudo que irá apoiar o Governo na decisão e onde se contempla a possibilidade de privar os utilizadores de acesso à Internet em caso de infracções.

"Não queremos fazer inimigos entre os nossos fãs e por isso o mais sensato é tentar ver como podemos ganhar dinheiro com este tipo de downloads" considera Dave Rowntree, baterista dos Blur.

Ed O'Brien também já deu voz à opinião dos Radiohead considerando que medidas como as que estão em cima da mesa vão dar "início a uma guerra que não será possível ganhar", diz o guitarrista da banda.

Inicialmente o Reino Unido tinha fixado como meta 2012 para que o regulador das comunicações se pronunciasse sobre a necessidade, ou não, de implementação no país de medidas técnicas que ajudassem a conter o fenómeno da pirataria.

Mais recentemente o Ministério da Empresa e Inovação considerou que o prazo era demasiado alargado e decidiu que antes dessa data teriam de ser tomadas decisões.

No estudo apresentado em Junho expõem-se medidas como a privação de acesso à rede e objectivos como a redução dos índices de pirataria em 70 por cento no primeiro ano de vigência.

Recorde-se que em França também foram nos últimos meses discutidas e aprovadas novas medidas de combate à pirataria na Internet. A privação do acesso é também contemplada, mas ao contrário do que queria o Governo só pode ser aplicada com decisão judicial.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.