A RealNetworks fez um apelo directo na semana passada à Apple, sua rival na área da música online, sugerindo a criação de um "acordo estratégico" entre ambas. A proposta foi feita, a 9 Abril, por Rob Glaser, director executivo da RealNetworks numa mensagem de email destinada ao presidente do conselho de administração da Apple, Steve Jobs.



Na mesma mensagem, digulgada hoje pelo The New York Times, Rob Glaser sublinhava contudo que se a Apple não se mostrar interessada, a RealNetworks poderá vir a aliar-se à Microsoft em busca daquilo que denomina de "oportunidades muito interessantes".



Com a sua loja de música iTunes e o respectivo leitor iPod, a Apple lidera actualmente, mas além da RealNetworks, pioneira no software de distribuição e leitura de música e vídeo, existem outras grandes empresas apostadas em entrar no mercado.



A Microsoft tem vindo a ganhar terreno com uma estratégia de parcerias e resoluções de casos judiciais pendentes, sendo o mais recente o acordo estabelecido com a InterTrust Technologies, uma antiga fabricante de software de protecção copyright, mediante o qual pagará 440 milhões de dólares para a indemnização e licenciamento de tecnologia (ver notícias Relacionadas).



A gigante do software prepara-se para muito em breve disponibilizar a sua própria loja de música na Internet, enquanto a japonesa Sony tem a inauguração de serviço idêntico prevista para o final do ano, para a qual está a desenvolver leitores de música digital próprios.



Interpelados pela C|Net, os responsáveis da Apple não comentaram a mensagem, mas segundo aquele meio de comunicação é provável que Jobs venha a recusar a proposta da RealNetworks. Glaser indicou que ainda não tinha recebido qualquer resposta, mas no seu email sugeria um encontro em Silicon Valley entre as duas empresas para esta quinta-feira.



Na mensagem de email enviada, Glaser pede a Jobs para considerar o licenciamento do seu sistema de gestão de direitos de autor digitais (DRM) Fairplay à RealNetworks, de modo a permitir que os clientes daquele serviço de música possam ouvir as suas colecções de música em leitores iPod. Em troca, a RealNetworks elegerá o iPod como dispositivo oficial da sua loja de música e do seu software RealPlayer.



Glaser tem-se manifestado contra aquilo que vê como uma "errada" estratégia proprietária da Apple. Para o criador da RealNetworks, a "decisão" da Apple de não licenciar a sua tecnologia iTunes e iPod poderá conduzir a uma situação idêntica à sucedida na área dos computadores pessoais, com o sistema operativo Macintosh.



A empresa de Steve Jobs nota, contudo, que está disponível para acordos com terceiros, tendo estabelecido recentemente uma parceria com a Hewlett-Packard, permitindo-lhe distribuir dispositivos iPod e software iTunes nos seus PCs.



Notícias Relacionadas:

2004-04-12 - Microsoft indemniza InterTrust em 440 milhões de dólares

2004-04-12 - Real Player 10 disponível em versão final

2004-03-19 - Leitor de música digital e vídeo da Microsoft chega à Europa no próximo trimestre

2004-01-10 - HP vende versão própria de leitor de música digital iPod

2004-01-07 - RealNetworks lança nova versão de RealPlayer com loja de música associada

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.