O bloqueio de conteúdos pornográficos não vai ser obrigatório por definição nas operadoras que fornecem serviços de Internet no Reino Unido. A proposta que existia nesse sentido foi rejeitada pelo Governo britânico depois de uma votação pública ter concluído que nem os pais estavam de acordo com a medida.

Numa iniciativa promovida por uma deputada do partido conservador, o inquérito que esteve disponível sobre o formato de três perguntas teve 35% dos participantes a concordarem com o bloqueio de conteúdos sexualmente explícitos por definição, enquanto a restante maioria concordou que devem ser os próprios pais a fazer o controlo da Internet em casa.

Num relatório publicado pelo Ministério da Educação britânico foram salientados os pontos negativos que tal medida teria caso fosse aprovada. No documento pode ler-se que seria muito difícil bloquear todos os conteúdos sexuais, o que por sua vez criaria uma falsa ideia de proteção nos pais.

Por outro lado a componente sexual educativa que muitas páginas de Internet disponibilizam corria o risco de ser bloqueada, dificultando o acesso a este tipo de informação necessária na educação de um jovem.

A deputada promotora da iniciativa, Claire Perry, já confessou à BBC estar desapontada com o resultado final do inquérito e com a decisão dos governantes britânicos.

Os quatro operadores de telecomunicações do Reino Unido que fornecem serviços de Internet - British Telecom, Sky, TalkTalk e Virgin - já acordaram entre si que a cada novo cliente será perguntado se quer bloquear conteúdos de cariz sexual, sendo-lhe fornecidas as ferramentas para realizar essa filtragem.

O Governo britânico "quer" um pouco mais e aconselhou os ISPs a terem a mesma atitude com os clientes já existentes. Os operadores britânicos devem ainda incentivar os clientes a fazerem uso das ferramentas de controlo parental que existem nos serviços disponibilizados.

Na semana passada a Google tomou uma medida que bloqueia um maior número de resultados pornográficos "involuntários", depois de ter alterado o algoritmo do motor de busca.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.