O papel continua a dominar na actividade da Assembleia da República, apesar de ter sido instalado há cerca de dois anos um sistema electrónico para envio de requerimentos e perguntas ao Governo. A partir de Março do próximo ano os deputados vão ser obrigados a usar os meios digitais.

A obrigatoriedade foi aprovada ontem, através de uma deliberação que impõe o uso exclusivo do sistema electrónico.

De acordo com dados citados pela Agência Lusa, em 97,6% dos casos de envio de perguntas e requerimentos ao Governo os deputados da Assembleia da República usaram o papel, o que demonstra que praticamente ignoram o sistema electrónico instalado em 2008.

Na altura em que foi implementado este sistema a estimativa apontava para uma poupança anual de mais de 60 mil ofícios em papel, garantia o deputado socialista José Junqueiro, coordenador da introdução deste sistema.

Os serviços da Assembleia da República confirmaram porém que, desde Outubro de 2009, apenas 3,2 por cento de um total de 10.626 perguntas e requerimentos ao Governo foram feitos por via electrónica, escreve a mesma fonte.

A deliberação ontem aprovada em plenário visa facilitar a conversação de texto para a grafia do novo acordo Ortográfico no Parlamento.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.