Lisboa recebe entre 26 e 30 de Março a 28ª reunião do ICANN. Na agenda do encontro vão estar temas como a governação da Internet ou a criação de um domínio específico para a pornografia (.xxx). Num comunicado enviado pela FCCN-Fundação para a Computação Cientifica Nacional são agora conhecidos outros pontos da agenda do evento, que irá também debruçar-se sobre a utilização de caracteres especiais em endereços e a estabilidade e segurança da Internet.



O encontro agendado para Lisboa vai contar com a presença de 700 conferencistas que representam mais de 80 países. Portugal faz-se representar por Pedro Veiga, presidente da FCCN, que organiza o evento na capital portuguesa e Mariano Gago, ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, que faz o encerramento da sessão de abertura. Na abertura e noutros momentos do encontro Portugal far-se-á representar por outras personalidades da Sociedade da Informação.



O primeiro dia do encontro irá acolher o fórum público Generic Names Supporting Organization (GNSO) que tem como objectivo promover o debate sobre as melhorias ao nível dos processos e políticas de registo de nomes genéricos.



No segundo dia terão lugar várias sessões do Governmental Advisory Committee, entre sessões de trabalho e sessões plenárias. O terceiro dia de encontro tem na agenda vários worksphops com os membros do grupo Country Code Names Supporting Organization e com GNSO.



O dia 29 e 30 de Março são reservados à conclusão de reuniões e à realização de um fórum público. A reunião do ICANN traz a Portugal vários especialistas ligados á Internet como Vint Cerf, vice-presidente do organismo que gere os destinos da Internet e os servidores que asseguram o bom funcionamento do tráfego da Internet.



Notícias Relacionadas:

2007-02-07 - ICANN reúne em Portugal com discussão sobre domínio .xxx na agenda

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.