Se tem um canal de Youtube que não é "comercialmente rentável" a sua conta pode estar em apuros a partir do dia 10 de dezembro. Na atualização da política de serviço a plataforma da Google concede a si própria o "poder" de encerrar o acesso à conta do canal ou das ferramentas da publicação de vídeos do Google a todo o serviço, se a plataforma considerar que não está a ser lucrativo.

tek youtube

No entanto, na atualização a plataforma não esclareceu o que quer dizer claramente com uma conta do YouTube não ser "comercialmente rentável", numa altura em que a Internet e alguns youtubers já se mostraram descontentes e assustados com esta decisão.

Citado pelo TechSpot, um representante da plataforma garante que o YouTube está a alterar os termos de serviço com o objetivo de "tornar os conteúdos mais fáceis de ler" e, ao mesmo tempo, assegurar que estão atualizados.

O fim da internet, canais apagados do YouTube, apelos à revolução, absurdos e confusão instalada por causa do Artigo 13
O fim da internet, canais apagados do YouTube, apelos à revolução, absurdos e confusão instalada por causa do Artigo 13
Ver artigo

A decisão surge um ano depois de a "revolta" de muitos youtubers o ano passado acerca dos polémicos artigos 11 e 13, que depois foram reformulados, dando origem ao 15 e 17.

A proposta para mudar a legislação de Direito de Autor começou a ser trabalhada em 2016, mas desde de 2018 que foi alvo de uma autêntica batalha de argumentos dentro dos órgãos da União Europeia mas também fora da Comissão e do Parlamento, onde milhões de cidadãos se envolveram no combate à proposta. De um lado os gigantes da Internet e do outro as autoridades, como também muitas associações de autores que defendem a necessidade de proteger os direitos no mundo digital, harmonizando as regras.

Estas mudanças nos termos de serviço vão permitir maior flexibilidade ao YouTube para se alinhar às diretivas legislativas que vão entrar em vigor em 2021, após os 24 meses dados aos Estados-membros para introduzirem as leis na sua legislação nacional.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.