O AshleyMadison.com é um dos mais populares do género em todo o mundo e de acordo com os números oficiais soma qualquer coisa como 37 milhões de utilizadores

O grupo onde se insere, o Avid Life Media, já admitiu o ataque e pediu desculpas aos utilizadores “pela intromissão não prevista e criminosa na informação dos clientes”. Mas ainda não explicou o que pretende fazer a seguir.

Com os dados colocados online, o grupo que reivindica o ataque – The Impact Team, explica que decidiu publicar a informação para mostrar como o AshleyMadison.com faz promessas ao utilizador que não cumpre.

O site tem ums subscrições de cerca de 20 dólares e que oferece garantia toral de eliminação dos dados de perfil e da informação gerada a partir da navegação no site.

O ataque recolheu essa informação e publica-a, mostrando que a promessa é falsa e que até os nomes dos utilizadores e outros dados que os identificam continuam guardados algures no site, bem como os registos da atividade online.

O problema foi identificado pela Krebs on Security, embora a empresa não tivesse conseguido localizar os dados expostos. Só as ameaças do grupo hacker que afiram já ter divulgado parte dos dados e fazer o mesmo com todos os que ainda guarda se o grupo não encerrar o site.   

O AshleyMadison.com é usado sobretudo nos Estados Unidos, mas não só. No início do ano o site revelava que em Portugal contava com cerca de 100 mil utilizadores: 71% eram homens.    

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.