As autoridades italianas comunicaram hoje a realização da segunda fase de uma operação de larga escala contra a pedofilia na Internet. Em conjunto com as polícias dos países implicados, as autoridades detiveram centenas de pessoas na sequência de uma investigação iniciada em Novembro do ano passado.



Ainda ontem tinha sido comunicada uma operação coordenada pela Guardia Civil espanhola através da qual foram detidos mais de 500 suspeitos de envolvimento em redes de pedofilia na Internet. Esta operação abarcava 12 países da Europa e América Latina



A operação Canalgrande já tinha sido motivo de notícia em Novembro, sendo conhecida desde essa altura a extensão do seu âmbito, que se alarga a 65 países, 35 dos quais europeus.



Segundo informação de várias agências, nas detenções participaram mais de 300 polícias italianos, que actuaram em 15 regiões de Itália, apreendendo centenas de computadores, milhares de disquetes e CD-ROMs



Entre os países europeus citados pelas notícias contam-se a Espanha, Noruega, Grécia, Polónia, Suiça, Luxemburgo, França, Bélgica, Alemanha e Irlanda. Embora Portugal não conste desta lista é provável que a rede se estenda ao país já que são referidos 35 estados europeus.

Notícias Relacionadas:

2005-03-16 - Identificação de rede de pedofilia leva a detenção de mais de 500 pessoas

2005-01-28 - Polícia espanhola desmantela comunidades Internet que escondiam rede de pedófilos

2004-11-25 - Mega operação contra pedofilia online envolve 65 países

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.