Lançado em Setembro de 2001 o serviço MBNet conta desde hoje com uma nova versão que pretende garantir uma maior comodidade e facilidade de utilização aos clientes aderentes ao sistema. As novas funcionalidades foram hoje anunciadas pela SIBS e a Unicre em comunicado de imprensa e pretendem manter os níveis de segurança do sistema de pagamentos pela Internet.



A partir de agora os clientes que queiram usar o MBNet nas suas compras online podem fazer o download e instalação de um pequeno utilitário (com 4 KBytes ou 3 KBytes consoante o sistema escolhido) que pode ser integrado no browser de navegação na Internet ou na Barra de ferramentas do computador. Contando com a garantia da SIBS, o utilitário pode ser instalado ou removido a partir do site MBnet.pt, ou dos Bancos que participam neste projecto.


A compatibilidade com o browser está, porém, limitada às diversas versões do Internet Explorer, não funcionando em outras aplicações de navegação na Internet. Também em termos de instalação na barra de ferramentas, o ícone funciona apenas em sistemas operativos Windows.



De acordo com dados da empresa, as novas funcionalidades foram desenvolvidas para o sistema operativo Windows e browser Internet Explorer porque são os mais utilizados. Os utilizadores de outras aplicações de navegação na Internet ou outros sistemas operativos vão continuar a poder utilizar o MBNet no formato anterior, através da digitação do URL https://www.mbnet.pt no momento da compra ou adicionando o site aos Favoritos. Segundo informação do Gabinete de Comunicação da SIBS, não está prevista nenhuma data para o desenvolvimento das novas funcionalidades para outros sistemas operativos.




Depois da instalação do programa, e caso possua um sistema compatível, o utilizador passa a contar com o ícone no browser ou na Barra de Ferramentas (ou em ambos se o desejar) que lhe permite efectuar os pagamentos sem sair do site de comércio electrónico onde está a fazer as compras. Recordamos que a necessidade de abrir uma janela específica, numa sessão segura, para fazer os pagamentos pelo sistema MBNet era considerada uma das principais desvantagens do sistema.



De acordo com o comunicado à imprensa, o novo MBNet permite ainda a renovação automática da adesão ao sistema. Caso o cartão bancário (Multibanco ou Visa) com que aderiu seja cancelado ou expire, sendo substituído por outro, o utilizador não necessitará de repetir o processo de adesão - que se realiza nas caixas Multibanco ou junto dos Bancos emissores.



Com as novas funcionalidades agora adicionadas ao serviço, a SIBS e a Unicre pretendem igualmente aumentar a utilização do sistema de pagamentos online. Nos primeiros seis meses de vida do serviço mais de 20 mil cartões aderiram ao MBNet, contando o sistema com 75 comerciantes aderentes, dos quais 70 por cento já instalou a infra-estrutura própria.



Em termos de utilização, as empresas dinamizadoras do projecto não revelam o montante global de aquisições realizadas através do MBNet, mas indicam que o valor médio de cada compra foi de 56 euros e que 60 por cento dos pagamentos foram feitos com base num cartão de débito. De acordo com Vítor Bento, Presidente dos Conselhos de Administração da SIBS e Unicre, "Estes dados confirmam a aposta estratégica do projecto MBNet e o interesse despertado junto de um número significativo de utilizadores nacionais de Internet".

Notícias Relacionadas:

2001-09-30 - "Nunca esteve em causa a segurança dos dados no MBNet"

2001-09-24 - Phibernet continua a contestar MBNet

2001-09-20 - SIBS e Unicre juntas no MBNet

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.