O site Slashdot.org, que alberga uma das maiores comunidades virtuais de programadores, adeptos e utilizadores de software open-source - que se dedica principalmente ao sistema operativo Linux - está a planear introduzir um novo modelo de publicidade com anúncios de maior dimensão, em formato skyscraper.



Conhecido pelo lema news for nerds, o site planeia lançar um serviço de assinatura para os frequentadores e visitantes que desejarem pagar por uma versão sem qualquer publicidade. Segundo Jeff Bates, responsável pelo Slashdot, em declarações à publicação online C|NET, o novo formato de anúncios e o serviço de subscrição serão lançados no início do próximo ano. O preço da versão livre de publicidade ainda não foi determinado.



Numa mensagem aos leitores - que mereceu 1054 comentários -, Rob Malda - nome de guerra Cmdr Taco -, fundador do Slashdot explicou que este ano tem sido difícil preencher o espaço de banners publicitários: "Eu poderia ter dito não a alterações como estas. Mas o Slashdot tem actualmente quatro anos...e eu quero que ele continue aqui daqui a quatro anos."



A decisão de adoptar um formato publicitário de maiores dimensões e um serviço de assinatura tem vindo a ser seguida por várias companhias que procuram captar novas receitas, num ambiente económico muito pouco propício para as dotcom. Esta semana, o site inglês de tecnologia The Register anunciou que vai passar a transmitir um programa pay-per-view online já a partir de amanhã, que vai custar 20 cêntimos de libra (aproximadamente 65 escudos) por cada episódio.



A própria C|NET introduziu novos tipos de anúncios no início deste ano, tendo sido seguida por outras publicações online como a versão digital do New York Times e da Salon, que oferece um serviço de subscrição sem publicidade e com ofertas adicionais.



A VA Linux, empresa-mãe do Slashdot, anunciou também em Junho que iria abandonar o fabrico de servidores baseados em Linux, devido ao colapso da economia da Internet. A companhia - que surgiu com base no negócio da criação de distribuições do sistema operativo - enveredou pelo sector de hardware quando o Linux invadiu a indústria informática. Actualmente, a sua actividade está concentrada na venda de módulos proprietários de software para este sistema operativo livre.



O Slashdot, porém, tem vindo a seguir uma forte política de parcerias com outras empresas. Em Abril, o site assinou um acordo com a companhia Digital Paths com vista a oferecer o seu conteúdo em PDAs Palm. Um mês antes, efectuou outro acordo para que a companhia de serviços móveis Quios distribuísse as suas "notícias" e comentários através de dispositivos sem fios.



Notícias Relacionadas:

2001-10-24 - The Register lança série de entretenimento online em regime pay-per-view

2001-10-02 - Salon com alguns conteúdos só disponíveis a subscritores

2001-03-21 - Salon.com pede assinatura anual

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.