Pesquisas recentes revelaram que as imagens são o novo método utilizado pelos spammers para fazer chegar às caixas de correio dos utilizadores informações não desejadas, avança a Associated Press (AP).


Os especialistas revelam que desta forma conseguem enganar os filtros anti-spam usados nos PCs dos utilizadores, uma vez que o sistema não consegue identificar se as mensagens contêm imagens inocentes de um amigo ou uma que contenha mensagens embutidas não desejadas.




Craig Sprosts, gestor de produto da IronPort Systems, citado pela AP, diz que até ao ano passado a utilização de spam sob a forma de imagens estava em declínio, uma vez que os filtros anti-spam as conseguiam detectar por uma fórmula de origem matemática que reconhecia e catalogava as imagens como lixo electrónico.


Contudo, no início deste ano, as imagens como veículo de spam voltaram a estar em voga, dada a circulação de ferramentas que possibilitam a alteração dos ficheiros e consequentemente a catalogação feita pelo anti-spam.




Dmitri Alperovitch, investigador na área de spam do Cipher Trust, revela à AP que mesmo que se tente marcar as imagens não vale a pena porque "ela aparece sempre diferente".

Desde Abril a IronPort o envio de "image spam" para as chamadas "honeypot accounts" já aumentou 40 por cento, o que perfaz 15 por cento da totalidade de spam em circulação.

Notícias Relacionadas:

2006-05-17 - Plataforma Nacional anti-spam a funcionar até final do ano

2005-03-09 - Europa torna-se fonte destacada de spam

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.