Desde 2006 que o Twitter só permite um tipo de post - uma mensagem, com um máximo de 280 caracteres, que pode, ou não, contar com um anexo audiovisual. A mensagem pode depois ser apagada, caso o utilizador não a queira manter visível, mas a rede social pode estar prestes a alterar o sistema. Na América do Sul, a empresa começou a testar um novo tipo de publicação, desta vez mais efémera, tal como as stories, em que uma mensagem passa a ter um tempo útil de vida de 24 horas.

"O Twitter serve para conversares sobre coisas que te interessam", disse Mo Aladham, gestor de produto no Twitter. "No entanto, alguns de vocês disseram-nos que se sentem desconfortáveis em publicar tweets porque estes são públicos, permanentes e contabilizados (retweets, likes, respostas). Nós queremos que possam manter as vossas conversas de outras maneiras, com menos pressão e mais controlo - para além dos tweets e das mensagens diretas. É por isso que hoje, no Brasil, vamos começar a testar os fleets, uma nova forma de iniciar conversas a partir dos vossos pensamentos mais fugazes (fleeting, em inglês)", explicou Aladham em comunicado.

Twitter declara "guerra" ao conteúdo manipulado e anuncia a chegada de novas regras
Twitter declara "guerra" ao conteúdo manipulado e anuncia a chegada de novas regras
Ver artigo

Para criar um fleet, terá de carregar num ícone que aparecerá numa nova linha que será adicionada à sua timeline. A partir daí poderá criar posts com até 280 caracteres de texto, adicionar fotografias, GIFs ou vídeos. O post vai comportar-se tal como um tweet, com a exceção de que não poderá ser gostado ou retweetado por ninguém.

É possível responder a fleets com uma reação, que é sempre exprimida através de um emoji. As respostas de texto serão enviadas por mensagem direta. E importa sublinhar que os fleets vão desaparecer sempre num período de 24 horas.

O Twitter está a trabalhar neste formato há cerca de um ano. Há uma clara intenção de o utilizar para atrair parte dos utilizadores que migrou para plataformas concorrentes, onde a efemeridade dos conteúdos são uma variável de sucesso. É também importante perceber que este sistema encoraja a partilha de mensagens mais casuais e descartáveis, ou até íntimas, caso o utilizador não a queira ver para sempre no seu mural.

Os fleets já estão a ser testados internamente, entre colaboradores, no Brasil.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.