Os resultados de um estudo do Pew Research Center mostra que uma larga percentagem de cidadãos nos Estados Unidos “abrandou” na sua relação com o Facebook no ano passado, com 26% a cortarem efetivamente relações com a versão mobile, desinstalando a app do telemóvel.

A decisão foi mais comum nas faixas etárias mais baixas, acontecendo com 44% dos utilizadores entre os 18 e os 29 anos de idade e apenas com 12% dos utilizadores acima dos 65 anos de idade.

A maioria dos norte-americanos inquiridos também reportou ter mexido nas definições de privacidade das suas contas durante o ano passado, passando-as de públicas a privadas (54%). Também neste aspecto os jovens são mais “radicais”: 64% entre os 18 e os 29 anos de idade versus os perto de 33% registados entre os maiores de 65%.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.