A Universidade de Aveiro vai ser a primeira instituição de ensino superior a juntar-se às 70 universidades que já mantêm presença no Second Life. A UA anunciou que está a adquirir uma ilha naquele mundo virtual, numa iniciativa que servirá para "explorar potencialidades educativas e institucionais".



A construção dos edifícios que irão ser implementados na ilha está já em marcha pelos cinco alunos da licenciatura em Novas Tecnologias da Comunicação, responsáveis pelo projecto.



O espaço universitário vai ter seis grandes áreas que servirão para momentos de aula, estudo e lazer. O InfoZone será a porta de entrada no espaço virtual da Universidade de Aveiro, com um balcão de atendimento que fornece acesso a informação diversa sobre a UA.



O Second Caffé será a zona mais lúdica do espaço, enquanto o Showroom permitirá expor trabalhos, artigos e outros projectos. Sobra ainda espaço para o Aularium - que compreende 3 salas com 50 lugares cada que podem ser utilizadas para aulas -, o Auditorium, reservado a palestras e aulas mais concorridas e o Scriptorium, um pequeno auditório que pode acolher reuniões.



O projecto tem como principais objectivos divulgar informação sobre a universidade e promover contactos sociais com outras universidades que integrem este mundo virtual com cinco milhões de utilizadores. Até que o espaço virtual da UA esteja terminado, os promotores da iniciativa já mantêm encontros em zonas públicas do Second Life. Os resultados podem ser acompanhados neste e neste blog.



Notícias Relacionadas:

2007-03-22 - Calvin Klein escolhe Second Life para apresentar novo perfume

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.