Provavelmente terá instalado no seu computador o VLC, a popular aplicação gratuita, baseada em open-source, pois é compatível com praticamente todos os formatos de vídeo. Mas tome atenção para a nova vulnerabilidade encontrada pela agência alemã de segurança CERT-Bund, que mereceu um 9.8 nos testes, uma classificação apontada como “crítica”.

Segundo os especialistas, citado pela Gizmodo, a vulnerabilidade afeta o RCE (Remote Code Execution), que permite aos hackers instalar, modificar ou correr software sem autorização dos utilizadores, assim como aceder e roubar ficheiros do sistema do computador.

Não há confirmações se houve vítimas efetivas, mas os especialistas referem que as versões do VLC para o Windows, Linux e Unix são afetadas pela vulnerabilidade, exceto a do macOS. A VideoLAN, a produtora do leitor de vídeo, já está ao corrente do problema e a investigar uma solução. Até ser lançada uma nova versão, é aconselhado desinstalar o leitor.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.