Continuando a aumentar, a família Sasser conheceu ontem um novo membro, a variante D. Depois de na sexta-feira ter surgido na versão original, o novo worm - cujos efeitos começam a ser comparados ao MSBlast ou Blaster - conheceu nos três dias seguintes, três versões, tendo o Sasser.D começado a circular ontem.



Os worms Sasser são particularmente perigosos para os ambientes empresariais, uma vez que se podem propagar em poucos segundos. A situação tem vindo a agravar-se já que os seus criadores têm lançado continuamente novas variantes de modo a aumentar a probabilidade de infecção.



A versão original começou por se propagar muito lentamente, tendo a velocidade aumentado com o surgimento, no sábado, da variante B e depois continuado de forma crescente com o lançamento dos programas C e D. As duas últimas versões propagadas podem lançar, segundo a Panda Software, até 1024 processos em memória, o que as torna potencialmente mais virulentas do que as suas predecessoras.



Cálculos recentes de peritos informáticos - que avaliaram o impacto do Sasser nas suas redes locais para chegar a uma estimativa do nível de propagação do mesmo na Internet - apontam para a infecção de 500 mil computadores nos três primeiros dias de disseminação. As previsões variam entre 200 mil a um milhão de máquinas.



Como o original, os três novos programas - Sasser.B, Sasser.C e Sasser.D - tiram vantagem de uma vulnerabilidade não corrigida em versões dos sistemas operativos Windows XP e Windows 2000 e disseminam-se através da rede IP e não do correio electrónico, pelo que afectam computadores ligados à Internet e em rede sem exigirem qualquer tipo de acção do utilizador.



De acordo com a Panda Software, os criadores de uma nova versão do Netsky, a AC, detectado ontem, reclamam igualmente a autoria destes novos worms.



Notícias Relacionadas:

2004-05-03 - Empresas de anti-vírus elevam alerta de worm Sasser para nível vermelho

2004-05-03 - Novo worm provoca milhares de infecções durante o fim de semana

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.