Até ao final do primeiro trimestre de 2014 o objetivo do projeto, que liga o Metropolitano de Lisboa, a ON-Fi e a MOP, é garantir o acesso à rede em todas as composições do metro e em cerca de 50 estações.

O investimento para garantir a navegação online gratuita é de 5 milhões de euros, que a empresa garante serem financiados na íntegra pelas receitas de publicidade na rede Wi-Fi. O Banco Santander Totta é o primeiro anunciante conhecido do projeto.

Para utilizar o serviço é apenas necessário ligar o portátil ou telemóvel à rede ON-FI (termo que dá também nome ao projeto), sem necessidade de registo prévio ou introdução de password.

A iniciativa faz do Metropolitano de Lisboa a segunda entidade da Europa a disponibilizar um serviço do género, até agora apenas disponível em Londres.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.