A Web Services Interoperability
Organization
(WS-I) confirmou ontem que criou um grupo de trabalho
destinado à exploração de mecanismos para o desenvolvimento de serviços Web
seguros. A segurança tem sido até agora uma das principais razões do atraso
da adopção destas tecnologias pelas empresas.

O Basic Security Profile Working Group (BSPWG) está também incumbido de
estabelecer uma série de princípios para a interoperacionalidade entre
diferentes implementações de serviços Web, denominada Basic Security Profile.
Esse perfil de segurança será uma extensão ao Basic Profile 1.0 da WS-I, que
disponibiliza normas para a forma como as especificações de serviços Web como
o SOAP (Simple Object Access Protocol), XML (eXtensible Markup
Language
) ou o UDDI (Universal Description, Discovery and
Integration
), devendo ser utilizados em conjunto para desenvolver serviços
Web compatíveis entre si.

Em particular, o BSPWG irá ligar com problemas de interoperabilidade
envolvendo a segurança do transporte e de mensagens SOAP, bem como outras
questões suscitadas pelo Basic Profile da WS-I. O grupo de trabalho será
ainda responsável pelo desenvolvimento de cenários de utilização e padrões
correspondentes de troca de mensagens (MEPs). Um MEP consiste num
template para a passagem de mensagens entre duas partes empregando
tecnologias de serviços Web.

Este grupo de trabalho tem estado a ser implementado desde Novembro. Nessa
altura foi criado um grupo de trabalho de Basic Security Work Plan no
interior da WS-I para identificar e ordenar por prioridade as principais
questões sobre a interoperabilidade de serviços Web relacionadas com
segurança. Esse grupo apresentou as suas conclusões e recomendações a toda a
organização na recente sessão plenária da WS-I que teve lugar na cidade
norte-americana de Salt Lake City.

Segundo a WS-I, a resolução dos problemas de segurança que surgem da
necessidade de interoperacionalidade entre as diferentes implementações de
serviços Web é essencial para a expansão continuada destas tecnologias. A
WS-I é um dos vários grupos industriais criado para promover padrões abertos
para a interoperabilidade dos serviços Web entre plataformas, aplicações e
linguagens de programação.

O grupo conta com um vasto número de gigantes das tecnologias de informação no
seu quadro de directores, incluindo a BEA, a HP, IBM, Intel, Microsoft, Oracle, SAP e, mais recentemente, a Sun Microsystems. Outros grupos
que também desenvolvem padrões de serviços Web são o OASIS (Organization for
the Advancement of Structured Information Standards), o W3C (World Wide Web Consortium) e
a Liberty Alliance.
No próximo mês, a WS-I irá decidir um prazo para a disponibilização do Basic
Security Profile e de cenários de utilização.

Notícias Relacionadas:
2002-10-28 - Sun
junta-se a consórcio de empresas para a compatibilidade de serviços
Web

2002-08-09 - BEA,
Microsoft e IBM prestes a revelar novas especificações para serviços
Web

2002-02-06 - Empresas criam consórcio para desenvolvimento de tecnologia para
serviços Web

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.