As 4as Jornadas de Inovação abriram as portas hoje, reunindo até ao próximo dia 20, na FIL, cerca de 500 projectos inovadores europeus que foram apoiados por diversas iniciativas nos últimos anos. Numa visita à feira esta manhã, o ministro Mariano Gago admitiu ao TeK que esta mostra revela a maturidade dos projectos de I&D em Portugal.

"Muitos projectos portugueses conduziram já a produtos que estão no mercado. Hoje temos muitos projectos de segunda ou terceira geração, que temos produtos no mercado, produtos de adaptação dos primeiros que estão no mercado e novos produtos que estão a surgir com base nessa experiência, e isso era impensável há uns anos atrás", adianta o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Entre os projectos em exposição contam-se iniciativas de empresas, universidades e organismos de investigação, que desenvolveram tecnologias e serviços inovadores para diferentes áreas, das Tecnologias da Informação à Agricultura, Espaço, Transportes e Educação.

Uma diversidade que Mariano Gago também saúda. "Temos uma muito maior diversidade de áreas hoje em dia. Se recordamos o que foram os primeiros projectos Eureka em 1985, de corte por laser para a indústria têxtil, hoje verificamos que temos uma evolução muito grande". O ministro admite que a grande mudança poderá ter sido gerada pela "incorporação das Tecnologias da Informação de uma forma horizontal em praticamente todas as tecnologias, o que foi uma fonte de inovação em praticamente todos os sectores".

Para Mariano Gago é esta pluralidade que faz da economia portuguesa uma economia "normal", de um país desenvolvido, e é isso que faz a força da inovação e desenvolvimento tecnológico em Portugal.

Questionado quanto à importância do investimento feito por este Governo na Ciência, que ontem foi reconhecido no debate na Assembleia da República pelo Primeiro Ministro José Sócrates, Mariano Gago afirma que "o investimento que se fez nestes 4 anos, numa política anti-ciclica, com forte investimento em Ciência numa altura de dificuldades orçamentais, deu um enorme impulso à economia portuguesa e à ciência em Portugal".

As 4as Jornadas de Inovação decorrem até ao dia 20, Sábado, estando a exposição aberta entre as 10 da manhã e as 20 horas. A entrada é livre, conjungando-se a exposição com conferências e demonstrações de projectos.



Fátima Caçador

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.