A assembleia geral para a votação dos novos órgãos sociais da empresa decorreu esta tarde formalizando a aprovação do nome de Miguel Almeida para CEO, com votos favoráveis de 90% do capital representado. O mesmo quorum aprovou os estatutos da nova empresa, que será liderada pelo ex-CEO da Optimus.



A comissão executiva inclui ainda Luís Lopes, que ocupará o cargo de vice-presidente, José Pedro Pereira da Costa, Ana Paula Marques, Manuel Ramalho Eanes, Miguel Martins e André Almeida.



No conselho de administração vão estar Isabel dos Santos, acionista de referência da Zon ou Rodrigo Costa, que até á fusão assumia a presidência executiva da operadora. Os restantes membros equilibram o peso da Sonaecom com o da Zon no órgão máximo da nova empresa. A presidência do CA da Zon Optimus, composto por 11 membros, fica com Jorge Brito Pereira.



De acordo com a imprensa económica participaram na assembleia geral da Zon Optimus os representantes de 77% do capital da empresa.



A empresa que resulta da fusão Zon Optimus vai controlar 28% do mercado de telecomunicações e gerar receitas de 1.600 milhões de euros.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.