Pelo quinto trimestre consecutivo desde a fusão, a Alcatel-Lucent fechou um trimestre fiscal com perdas significativas. Nos primeiros três meses deste ano, a empresa registou resultados líquidos negativos na ordem dos 181 milhões de euros.



Os prejuízos superaram as estimativas dos analistas de mercado e multiplicaram por mais de 20 vezes as perdas de há um ano, altura em que a fabricante perdeu 8 milhões de euros. O volume de negócios da Alcatel-Lucent também desceu e as receitas acabaram por se fixar nos 3,86 mil milhões de euros - menos 0,5 por cento do que no período homólogo.



Os resultados deitam por terra as esperanças da companhia, que estima agora baixar entre 2 a 5 por cento a sua facturação anual. Patrícia Russo, CEO da Alcatel-Lucent, frisa mesmo que não tem qualquer noção de quanto à mudança da tendência repostada nos últimos meses.



Só no ano passado, a fabricante dispensou 6,7 mil funcionários, uma medida inserida no plano de reestruturação da companhia que prevê o despedimento de mais de 12 mil colaboradores.



Notícias Relacionadas:

2008-02-08 - Alcatel-Lucent fecha 2007 com perdas de 3,5 mil milhões de euros

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.