A maioria do capital da Altitude Software foi adquirida pelo fundo de investimento europeu IBI e pelo BBVA. Os novos accionistas da empresa portuguesa de soluções de software para call e contact centers adquiriram posições aos antigos accionistas, a AICEP Capital, Olmea, Salvador Caetano e Sonaecom.



Recorde-se que a Altitude Software estava nas mãos do grupo de investidores que agora aliena posições desde 2003, sob a liderança de Gastão Taveira, que continuará a assumir o cargo de CEO.



O maior accionista da empresa passa agora a ser o IBI, com 45 por cento do capital, seguido do BBVA, com 31 por cento. A Tafin, a holding de investimento de Gastão Taveira, que já era accionista da empresa, mantém a posição de 24 por cento.



Em comunicado, explica-se que os detalhes financeiros do negócio que deu à Altitude novos accionistas maioritários não serão divulgados. Também há uma nota em relação à localização da sede e das operações centrais da empresa, onde se inclui o desenvolvimento tecnológico e de produto, para dizer que se manterão em Portugal.



Fundada em 1993, a Altitude (que a nível internacional comunicou a alteração no passado dia 25 de Janeiro) soma actualmente 900 clientes em 60 países e conta com 300 colaboradores em 15 escritórios espalhados pelo mundo.



Gastão Taveira, CEO da empresa, citado em comunicado, revelou entretanto algumas prioridades da Altitude para este ano. "Já em 2011 iremos lançar uma nova release da solução Altitude uCI, integrando novas dinâmicas tecnológicas", detalhou.



"Estamos empenhados no aumento e extensão da nossa oferta e no reforço e dinamização da presença em mercados - chave para alcançarmos posições de liderança", acrescenta o mesmo responsável.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.