A Amazon Web Services (AWS) anunciou, esta terça-feira, a abertura do seu primeiro escritório em Portugal, “de modo a dar suporte à sua crescente base de clientes no país”, refere em comunicado.

O escritório, em Lisboa, vai dar apoio a organizações de todas as dimensões - desde startups a organizações do sector público -, na transição para a Cloud da AWS, acrescenta-se.

Amazon já garantiu lugar no pódio das “trillion dollar baby”
Amazon já garantiu lugar no pódio das “trillion dollar baby”
Ver artigo

“Estamos entusiasmados por abrir o nosso primeiro escritório AWS em Portugal” afirmou Miguel Alava, diretor da AWS para o Sul da Europa, citado no comunicado. “A decisão de abrir oficialmente um escritório em Lisboa surge no seguimento de muitos anos a apoiar os clientes do país na sua adoção da cloud. Temos vindo a denotar um interesse real por parte das empresas em Portugal, que pretendem arrancar com a AWS para inovar, reduzir os seus custos de TI e fazer crescer as suas organizações em todo o mundo”.

As equipas da AWS, compostas por gestores de conta, gestores de parceiros, arquitetos de soluções e outros profissionais, já prestavam apoio aos clientes portugueses, entre os quais se contam a EDP - Energias de Portugal, Feedzai, Globalvia, Grupo Impresa, Jumia, Lusiaves, Miniclip, Prodsmart, OutSystems, Unbabel e Uniplaces.

O novo escritório eleva a presença direta da AWS na Europa para 19 países - incluindo quatro regiões e 12 zonas de disponibilidade, estando ainda prevista outra região da AWS e mais três zonas de disponibilidade na Suécia ainda em 2018.

A AWS fornece serviços de computing, armazenamento, redes, bases de dados e outros, incluindo soluções de inteligência artificial e machine learning, em modalidade on-demand e pay-as-you-go. Dizem ter sido uma das área de negócio da Amazon que mais contribuiu para colocar a gigante do comércio eletrónico no “clube dos bilionários”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.