A AMD (Advanced MIcro Devices) e a Fujitsu anunciaram a decisão de fundar uma nova firma que vai tirar partido dos conhecimentos de ambas na área de memória flash, visando uma redução significativa de custos. A empresa procurará ainda acelerar a produção e reduzir preços de forma a tornar-se mais competitiva num mercado que se tem revelado difícil.

Este será um novo passo numa joint venture iniciada há 10 anos pelas duas empresas, que até aqui têm trabalhado no fabrico e desenvolvimento de novos modelos de chips, separando, no entanto, a produção e respectiva distribuição do material.

FASL é o nome da nova firma que utilizará mão de obra da AMD e da Fujitsu, como engenheiros e representantes vendas, bem como máquinas das duas companhias. Quando iniciar a sua actividade, no terceiro trimestre deste ano, irá tornar-se na segunda maior fabricante mundial de memória flash, ultrapassada apenas pela Intel. Bertrand Cambou, presidente da AMD, será também o responsável máximo pela FASL.

Quanto à participação, a AMD irá deter 60 por cento da nova firma, mais 10 por cento daquela que possui na actual joint venture com a Fujitsu, sendo que os 60 por cento das receitas e respectivos encargos serão apresentados sua na folha de balanços.

Notícias Relacionadas:
2001-09-12 - Fujitsu quer vender sucursal americana
2001-08-20 - Fujitsu inicia plano de reestruturação e despede 16.400 empregados

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.