A AOL, que em Setembro comprou o TechCrunch, decidiu acrescentar à lista mais um nome de peso. Falamos do The Huffington Post, um dos principais jornais para a plataforma Web, liderado por Arriana Huffington, ela própria uma figura mediática.

Pela publicação Web, considerada um dez mais importantes sites de notícias a nível internacional, a AOL está disposta a pagar 315 milhões de dólares (cerca de 233 milhões de euros), 300 milhões dos quais serão pagos em dinheiro e os restantes 15 milhões em acções.

Arriana Huffington, editora e co-fundadora do site, assumirá também, como parte do acordo, funções enquanto responsável pela área de conteúdos da AOL, onde se incluem os populares blogs especializados em tecnologia Engadget e TechCrunch.

O negócio faz parte de uma estratégia avançada pelo novo CEO, Tim Armstrong, que tomou posse em Abril de 2009, com o objectivo de reposicionar a AOL. A empresa, que foi uma das pioneiras no negócio online, tem vindo a perder terreno para outros grupos de comunicação que também apostaram na plataforma online.

O analista para a área das tecnologias citado pela Associated Press afirma que o valor envolvido representa, acima de tudo, o preço a pagar para ter Arriana a trabalhar para a AOL. De acordo com Rob Enderle, este é o tipo de aposta capaz de "voltar a colocar a empresa no mapa".

O acordo vai criar uma empresa de média de nova geração a uma escala global, que ofereça aos consumidores uma combinação de conteúdos, comunidade e experiências sociais, disse o CEO da AOL, quando anunciou o negócio, esta manhã.

Criado em 2005, o Huffington Post conta com cerca de 25 milhões de visitantes mensais. O negócio, que será concretizado sob a forma de fusão a concluir em Março ou Abril, deverá criar um grupo de media digital com cerca de 270 milhões de utilizadores por mês, segundo a BBC News.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.