Metaio é o nome da companhia adquirida pela fabricante norte-americana, dona do iPhone. É alemã e tem no portfólio de clientes a BMW ou a Ikea, que a têm usado para inovar na forma como partilham com os clientes informação dos seus produtos.



Da parceria com a BMW resultaram uns óculos que a fabricante mostrou recentemente, os MINI Augmented Vision, que projetam informação útil para o utilizador enquanto conduz, através de dois ecrãs HD integrados nas lentes.

A tecnologia está a ser testada com as linhas Mini e a ser trabalhada para mostrar informação produzida no interior do carro, como dados sobre a velocidade, mas também para exibir e recolher elementos relacionados com o exterior, por exemplo, gravando imagens de locais por onde o utilizador passa e que quer explorar melhor mais tarde.



Por enquanto não se sabe nada sobre os planos da Apple em relação à nova aquisição. Numa declaração enviada por email à PC World a empresa usou a frase habitual para responder à questão, sublinhando que "de tempos a tempos a Apple compra pequenas empresas de tecnologia e normalmente não discute as suas intenções ou planos".



Muitos acreditam que a Realidade Aumentada estará na base da próxima geração de interfaces de utilizador. Várias empresas têm vindo a trabalhar nesse domínio à procura da fórmula certa para marcarem um caminho. É assim com a Google, que desenvolveu o conceito nos Google Glass, atualmente em revisão, ou com a Microsoft e o projeto HoloLens, só para citar alguns exemplos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.