Um iPhone com ecrã OLED? Os rumores dizem que sim, mas também dizem que não será para breve. De acordo com a Reuters, a Apple está prestes a fechar um acordo com a Samsung e a LG para que as duas empresas produzam os ecrãs.

Os painéis feitos com díodos orgânicos emissores de luz (OLED) são superiores em qualidade de imagem aos ecrãs usados atualmente. Grande definição, contraste de alto nível e reprodução de cores muito fiel, sobretudo o preto que ajuda a criar imagens com maior profundidade, são as principais características a destacar.

A tecnologia OLED também permite criar ecrãs muito mais finos, algo que ajusta-se à filosofia da Apple de tornar os iPhone cada vez mais ‘elegantes’. Por exemplo, a LG criou um televisor de 55 polegadas que tem 0,96 milímetros de espessura.

Ainda relativamente à LG, recentemente foi anunciado que a tecnológica reforçaria as suas linhas de produção no segmento dos ecrãs OLED, num investimento superior a oito mil milhões de dólares.

Ainda de acordo com os relatos agora avançados, a Apple deverá comparticipar parte do investimento que Samsung e LG estão a fazer nas suas fábricas OLED.

Recorda-se que a Apple já está a usar esta tipologia de ecrã no Apple Watch, mas o OLED é ainda uma tecnologia cara, pelo que serão precisos mais alguns anos para que a relação custo-produção possa ser a ideal a ponto de massificar a tecnologia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.