A Apple ainda não confirmou oficialmente as intenções de lançar um serviço de armazenamento de música na nuvem, mas a possibilidade parece cada vez mais perto, com as últimas informações avançadas por "fontes da indústria".

O acordo entre a empresa e as quatro principais editoras discográficas mundiais era apontado como um dos principais obstáculos ao lançamento de um serviço que, alojando nos servidores da Apple as músicas compradas no iTunes, oferecesse acesso aos temas em todos os dispositivos onde o utilizador acedesse à plataforma.

A dificuldade estará em vias de ser ultrapassada. Depois de a CNet ter avançado, esta quarta-feira, que a fabricante do iPod tinha conseguido chegar a acordo com a Emi Music, a Bloomberg acrescentou ontem ter sabido de fonte com conhecimento das negociações que também Sony Music Entertainment tinha "cedido aos encantos" da maçã.

Também a Warner Music Group tinha, de acordo com as fontes da CNet, colocado em marcha negociações com a empresa de Steve Jobs, para assegurar o licenciamento para a nova plataforma dos artistas por si editados.

A confirmarem-se os rumores, falta apenas uma das grandes: a Universal Music Group. Se a empresa conseguir chegar a acordo com todas as discográficas, estará em condições de lançar um serviço de música na nuvem com total licenciamento dos temas disponibilizados, o que lhe dará uma vantagem sobre os serviços não licenciados da Amazon e Google - que, por demora nas negociações, optaram por começar a disponibilizar os serviços antes de contarem com as licenças.

Outra das peças que ajuda a completar o puzzle de suposições em torno do lançamento de um novo serviço de armazenamento na nuvem por parte da Apple é o pedido de registo de patente divulgado esta semana. No documento é descrito um sistema em que apenas parte dos ficheiros música da biblioteca de um utilizador são guardados localmente nos seu dispositivo, sendo o resto da faixa "puxada" quanto esta começa a tocar - o que exige menos espaço para armazenamento nos equipamentos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.