Além da guerra com a Epic em torno dos royalties cobrados pela Apple de 30% a todas as transações feitas na App Store, também outras empresas procuram demover a empresa de Tim Cook de o fazer. Desta vez foi o Facebook que pediu à Apple a redução da taxa cobrada, mas especificamente para a sua funcionalidade de apoio a pequenos negócios e criadores que cobram bilhetes virtuais para eventos organizados na rede social. Como esta funcionalidade teve cariz solidário, devido ao isolamento da pandemia de COVID-19, o Facebook decidiu abolir qualquer taxa para si desses eventos pagos até ao próximo ano.

Como a Apple não reduziu o valor, mantendo a sua taxa de 30% para os utilizadores que utilizem as funcionalidades pagas do Facebook em iOS, a empresa liderada por Mark Zuckerberg decidiu introduzir uma notificação na app de que a Apple fazia a cobrança da taxa. O objetivo era alertar os comerciantes e criadores de que apesar de não cobrar diretamente nada na aplicação do Facebook, teriam de lidar com as despesas na App Store.

tek apple

A notificação do Facebook referia que “Apple recebe 30% desta compra”, na sua aplicação para iOS. Segundo avança a Reuters, a Apple bloqueou essa mensagem, impedindo a informação aos utilizadores. Ao que parece, há uma regra que impende os developers de mostrar informação “irrelevante”.

Em declarações à agência noticiosa, o Facebook lamenta a posição da Apple, referindo que “mais do que nunca, devemos ter a opção de ajudar as pessoas a compreenderem para onde vai o dinheiro que era direcionado aos pequenos negócios. A Apple rejeitou o nosso aviso de transparência sobre a taxa dos 30%, mas ainda estamos a trabalhar para tornar essa informação disponível dentro da nossa app”.

Também na Google Play Store o Facebook foi impedido de partilhar a mensagem de que não cobrava taxas sobre as vendas de bilhetes. No entanto, apesar da Google cobrar também 30% das vendas na sua loja, os utilizadores recebem 100% das iniciativas que criarem e dos bilhetes vendidos, desde que os pagamentos sejam feitos através de Facebook Pay.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.