Nem os receios recentes que ensombram a performance da empresa e a queda das ações fizeram com que a Apple perdesse a primeira posição na lista de empresas mais admiradas da revista Fortune. A marca da maçã voltou a conquistar o primeiro lugar pelo sexto ano consecutivo.

A tabela é desenhada a partir das opiniões de executivos, homens de negócios e analistas de mercado em 30 países e a Apple conquistou a primeira posição em 2008, mantendo-a desde então.

Este ano a empresa conseguiu uma pontuação de 8,24 no ranking, à frente da Google e da Amazon, com 8,01 e 7,28 respetivamente, o que lhes valeu o segundo e terceiro lugares.

Apesar dos resultados recorde a nível financeiro e de vendas dos principais produtos, a Apple ficou abaixo das expectativas dos analistas para o último trimestre de 2012, o que se refletiu de forma imediata no valor das ações em bolsa e empurrou a empresa para o segundo lugar na lista das mais valiosas no mercado norte-americano.

Mas a empresa continua a manter o seu "estatuto" de líder a nível financeiro e também de produtos, como sublinha a Fortune na análise agora publicada.

Entre as 50 empresas mais admiradas encontram-se também a IBM, Microsoft, Samsung, Intel, eBay, Facebook e a Cisco Systems.

Num apanhado a três décadas de ranking a Fortune repesca também 7 empresas que saíram do mapa das mais admiradas, entre as quais se conta a Kodak e a Western Electric.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.